Blog do Itamar

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

SEGUNDO ESCALÃO – Com um primeiro escalão formado, o prefeito de Afogados da Ingazeira, Sandrinho Palmeira (PSB) trabalha na montagem do segundo. Conciliando indicações partidárias com escolhas técnicas, Palmeira ainda não anunciou nenhum secretário adjunto, mas conta com Arlindo Júnior que pode ser adjunto de Madalena, na Assistência Social, Ademar Oliveira, que pode ser adjunto de Rivelton Santos, na Agricultura. A chefia da Guarda Civil Municipal – GCM e a Diretoria de Trânsito ainda estão vacantes. Apesar de serem cargos com remuneração considerada baixa, se for bem executadas as ações, geram visibilidade.

*************************************************

A DISPOSIÇÃO – Com dois profissionais de segurança que foram candidatos a vereador nas eleições de 2020 pela Frente Popular e tiveram votação expressiva, Palmeira tem a disposição nomes com capacidade para ocupar as supracitadas chefias. Não se sabe, se o Chefe do Executivo tem em mente outros felizardos. Gleydson é Subtenente e Edson do Cosmético é Cabo, ambos lotados no 23º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Afogados da Ingazeira.

*************************************************

FLÁVIO MARQUES – Noticiado na imprensa como nome do prefeito Sandrinho para gerir  a Guarda Municipal e o Trânsito, o tabirense Flávio Marques não foi anunciado na composição da equipe de governo, pelo menos no primeiro escalão. Ao governo resta dialogar com Flávio, que pode ser nomeado secretário executivo, ou mesmo fazer um trabalho de consultoria.

*************************************************

GRATIDÃO – Eleito para o quinto mandato, o prefeito de Quixaba, José Pereira Nunes, Zé Pretinho (Avante), nomeou o ex-prefeito, Tião de Gaudêncio como seu Chefe de Gabinete. Num ato de lealdade, Gaudêncio se absteve de disputar a reeleição em novembro de 2020, mesmo com uma gestão bem avaliada e com a promessa de todo apoio da oposição, o que culminaria em uma eleição com chapa única no município. Grato pela oportunidade de ter sido indicado por Zé em 2016, ele não pensou duas vezes em passar o bastão de volta.

*************************************************

PERDAS – O prefeito de Tacaratu Washington Ângelo e o vice-prefeito, Givaldo Crente, ambos do MDB perderam suas mães, no final do mês de dezembro de 2020. A mãe de Givaldo foi vitimada pela Covid-19 e dias antes da posse, Washington perdeu sua genitora. Os emebistas lamentaram as perdas no dia em que foram empossados novos gestores de Tacaratu.

*************************************************

DESPERTAR – A surpresa e o acirramento na disputa pela prefeitura de Carnaíba nas eleições  de 2020 podem despertar o desejo de vários nomes de concorrer o pleito em 2024 pela oposição. Nomes como do vereador Neudo da Itã, do primo Nildo da Itã, dentre outros, podem figurar como pré-candidatos a partir de 2022. Com o nome requentado de uma disputa contra a continuidade da atual gestão, o ex-vereado Gleybson Martins (Podemos) deverá lutar até o último minuto da convenção para ser o candidato. Também pudera, o camarada foi para o sacrifício em 2020, quando poderia ter disputado a recondução do cargo no legislativo municipal.

*************************************************

RINDO À TOA – O PSD está rindo a toa em Afogados da Ingazeira. Com uma votação expressiva em 2020, elegeu quatro vereadores, doravante fez a presidência da Câmara, emplacou dois secretários na equipe de governo do prefeito, Sandrinho Palmeira (PSB) e de quebra ainda pode ter outras nomeações em cargos comissionados. Fortalecido como está, e pelo o andar da carruagem pode apresentar nomes para compor a majoritária lá em 24.

*************************************************

DE PREFEITO A SUPLENTE DE VEREADOR … – O voto para vereador é bicho difícil da molesta! Não foi desta vez que o ex-prefeito de Lagoa Grande, Robson Amorim conseguiu retornar a um cargo público. Apesar de ter conseguido 379 votos, não entrou na Casa. Candidato a vereador pelo DEM, o ex-prefeito era contado para disputar a prefeitura contra o atual prefeito Vilmar Capellaro (MDB), mas acabou indicando Henrique Diniz (DEM) que acabou sendo derrotado nas urnas por Capellaro. Robson Amorim ficou na terceira suplência. Outro ex-prefeito que não se elegeu vereador foi Dhoni Amorim, filho de Robson que também governou Lagoa Grande. Dhoni disputou o legislativo pelo PSB e conseguiu apenas 95 votos.

*************************************************

DE UMA CAJADADA SÓ... – De uma cajadada só a ex-prefeita Madalena Brito (PSB) tirou da cena política o ex-prefeito e ex-deputado federal Zeca Cavalcante (PTB) e a ex-vereadora Cybele Roa (Avante). Mesmo com uma gestão insossa, capengando num marasmo de insatisfações, ela reverteu o quadro na escolha do seu candidato a sucessão. Empresário bem sucedido e bem quisto na terra do cardeal, Wellington da LW (MDB) deu a Madalena uma vitória que ficará na história política de Arcoverde. Outra grande aquisição de Madá foi o Delegado Israel Rubis (PP) que teve importante participação na composição da chapa situacionista.

Pular para a barra de ferramentas

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/blogdoitamar/www/wp-includes/functions.php on line 4755

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/blogdoitamar/www/wp-includes/functions.php on line 4755